Coenzima Q10 – Principais Benefícios e Para que Serve

A coenzima Q10, também conhecida como “intelectual” tem muito poucas vantagens para a saúde cardiovascular, se é que as tem, e além disso é muito cara.

coenzima q10

A máxima autoridade europeia em matéria de alimentação não permite que os vendedores de coenzima Q10 a acompanham com alegações de saúde que façam referência a benefícios cardiovasculares.

Benefícios

O melhor que você pode fazer seu marido é seguir as dicas do cardiologista, especialmente de seguir uma dieta saudável, rica em frutas, legumes, cereais integrais, legumes e frutos secos e pobre em gorduras saturadas, sal e açúcar, dentro de um estilo de vida saudável.

Por outro lado, a referida coenzima também é recomendado para a queda de cabelo, para tratar a infertilidade masculina, melhorar o sono, para prolongar os anos de vida útil (a ideia surgiu devido a que os mais altos níveis de coenzima Q-10 observam-se os primeiros vinte anos de vida).

No entanto, segundo se encarrega de lembrar “Medline Plus” não só apenas o tempo esgota-se a coenzima Q-10 armazenada no corpo, especialmente no coração, fígado, rins e pâncreas. Fumar também o faz.

Por outro lado, embora a coenzima Q-10 é comer em pequenas quantidades em carnes e frutos do mar, a maior parte dos tecidos do ser humano a anfitriã (ou seja, não é preciso tomá-la com a dieta). Também é fabricado em laboratórios para seu posterior uso como medicamento.

Para que Serve

A coenzima Q-10, foi identificada pela primeira vez em 1957. O “Q-10” refere-se à composição química da substância. Antes de pensar em tomar a enzima, entenda para que serve e quais são seus benefícios para a saúde. A coenzima Q-10 é obtido a partir da fermentação de beterraba e cana-de-açúcar com variedades especiais de fermento.

Por certo, José Manuel López Nicolau dedicou um escrito a coenzima Q10 em “Scientia” que intitulou da seguinte forma: você molécula milagre ou conto da leiteira? Em seguida, e a forma de verso, reproduzimos um parágrafo deste texto, que contém a resposta:

“Se houver uma molécula para que os amantes da bioquímica geral e acetona em particular temos uma especial inquina, por acaparadora, prepotente e por impostor, essa é a Coenzima Q10 (CoQ10), um dos ingredientes mais famosos dos últimos tempos e que, além de se encontrar de forma natural em muitos alimentos, faz parte de inúmeros produtos funcionais, suplementos esportivos, nutracêuticos, cosméticos, etc.”.

Acaparadora porque não há setor industrial, onde não aparece a CoQ10 prometendo mil e um efeitos a cada qual mais surreal, prepotente porque se auto batizou também com o pretensioso nome de Ubiquinona ao ser produzida por quase todos os organismos com metabolismo respiratório, e impostor, porque esse nome, Coenzima, somente se pode justificar, por uma vã tentativa de tirar protagonismo das verdadeiras rainhas da bioquímica, enzimas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *